Francisco Félix - Osteopata



OSTEOPATIA E SUA HISTÓRIA

Osteopatia é uma abordagem terapêutica surgida nos EUA, cujo criador foi o Dr. Andrew Taylor Still (1828-1917).

Em 1864, uma epidemia de Meningite matou vários de seus pacientes e três dos seus filhos e nesse mesmo ano curou uma criança que estava com disenteria. Nesse processo compreendeu que havia contracturas na coluna e que estavam relacionadas com o mau funcionamento dos intestinos. Tratou a coluna da criança e no dia seguinte a mãe anunciou-lhe que o seu filho estava curado. Esta era a primeira vez que colocava em prática suas observações.

Daí surgiu a osteopatia e em 1892, Still funda The American School of Osteopaty em Kirksville, escola que existe até hoje.

Still recompilou técnicas manipulativas procedentes das mais distintas culturas, harmonizando-as e estudando-as à luz da fisiologia articular, anatomia e fisiopatologia modernas.

É um método de avaliação e tratamento, que age através de técnicas manuais (articulações, músculos, fáscias, ligamentos, cápsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático) com o objetivo de restabelecer a mobilidade perdida e dar o equilíbrio que necessitam os vários sistemas.

A Osteopatia tem quatro princípios:

1. As articulações e seus tecidos adjacentes estão propensos a desordens anatómicas e funcionais.
2. Estas desordens repercutem-se não só localmente mas também e frequentemente à distância
3. Estas desordens estão relacionadas direta ou indiretamente com outros fatores patológicos
4. Podemos detetar e tratar as repercussões locais ou sistémicas destas desordens com o "arsenal" de técnicas que se dispõe.

A Osteopatia está baseada na anatomia, na fisiologia, biomecânica e semiologia, não deve ser considerada uma alternativa mas sim um complemento a qualquer outro tratamento médico.

A Lesão Osteopática é uma restrição de movimento numa articulação ou órgão, dentro dos limites fisiológicos de movimento dessa estrutura e não uma luxação ou “fora do lugar” como frequentemente se comenta.

As técnicas são adequadas a cada tipo de tecido, a cada tipo de problema, a cada tipo de paciente bem como à idade dos mesmos.

A validade da Osteopatia é tão concreta que é recomendada e incentivada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como prática de saúde.

Autor: Francisco Félix

Voltar ao topo

Todos os direitos reservados
© 2016 Francisco Félix
Política de Privacidade

Powered by SB